fbpx
Você já ouviu falar a respeito de funil de vendas? Iremos te ajudar a desenvolver a estratégia ideal para que seus clientes sejam fidelizados!

Sua empresa possui um site profissional, uma estratégia de inbound marketing e um número grande de leads, porém as vendas não parecem acompanhar os números de crescimento das ações de marketing digital?

Talvez isso esteja acontecendo porque o funil de vendas da sua empresa ainda não está sendo trabalhado de forma ideal. Perder o interesse dos clientes pode não ter volta e não queremos isso.

E é fundamental que exista um bom planejamento nessa área, pois ela afetará absolutamente todos os resultados que sua empresa pode conseguir – ou deixar de conseguir, caso o planejamento seja mal feito.

O funil de vendas de marketing digital está intrinsecamente ligado à jornada de compra do cliente e são dois pontos chaves a serem analisados. Se você deseja conseguir resultados mais expressivos, é hora de dar mais atenção aos dois temas, que falaremos à seguir.

Navegue e saiba como melhorar o seu funil de vendas de marketing digital

O que é a jornada de compra?

Para podermos adentrar mais profundamente no conceito de funil de compras, você precisa entender como funciona a jornada de compra.

O termo jornada de compra, por mais bonito e artístico que pareça, não se trata de uma longa jornada. É um processo formado pelas fases relacionadas aos usuários e a sua marca e por quais pontos o lead passa até finalmente decidir se tornar um cliente.

A jornada de compra pode ser dividida em 4 conceitos principais: aprendizado e descoberta, reconhecimento do problema, consideração da solução e decisão de compra.

Para que exista um planejamento eficiente, é necessário que você entenda detalhadamente o que se passa na cabeça de cada indivíduo em cada etapa da jornada de compra. Conhecer bem o seu público é essencial dentro de uma estratégia forte de marketing digital.

Agora, vamos ver um pouco sobre do que se trata cada etapa da jornada de compra:

Aprendizado e descoberta: é aqui onde se inicia a jornada do consumidor.  No início, o consumidor não tem uma noção exata do que precisa, não sabe se possui um problema ou alguma oportunidade que possa ser utilizada. Não faz ideia de que precisa de um produto para esses problemas e o interesse do consumidor precisa ser despertado nessa etapa, através da descoberta do seu conteúdo.

Reconhecimento do problema: através da pesquisa e de seus conteúdos, o usuário precisa entender o problema pelo qual ele está passando, assim como as implicações que a não resolução desse problema pode ter. Aqui é onde ele entenderá a situação em que está e começará a buscar soluções.

Consideração da solução: Dentre as soluções buscadas pelo comprador haverá diversas opções diferentes e será o momento em que ele irá avaliar qual é a melhor para o caso dele. O importante aqui é conseguir reforçar o quão importante é resolver esse problema para que o comprador não procrastine a resolução dele. Dentre todos os que ele está considerando, provavelmente ele irá optar para o que parece ser mais eficiente na solução que precisa.

Decisão de compra: Após estudar todas as suas opções e descobrir qual atende melhor a sua necessidade, é hora de decidir qual solução será adotada. Por isso, se você consegue expressar de forma clara os diferenciais do seu produto e serviço, há mais chances do comprador decidir pela sua solução do que as outras da qual ele pesquisou.

Como conhecer a jornada de compra pode me ajudar a melhorar o funil de vendas?

Conhecendo bem as etapas da jornada de compra do cliente, o planejamento das vendas se torna um processo com um objetivo muito mais claro e menos passível de erros, garantindo que os clientes tornem a fazer contato com sua empresa novamente.

E não só para que voltem a comprar da sua empresa, mas para que confiem nela e a enxerguem como um referencial que merece ser divulgado para a rede de contatos que ele possui.

Como podemos fidelizar o cliente? Entregando conteúdos bem estruturados, unindo áreas de marketing e vendas para construir a relação empresa x lead. Se você responde as dúvidas apresentadas na jornada do consumidor, provavelmente o mesmo cliente irá voltar a buscar suas soluções com você.

Afinal, você prefere comprar de quem você já conhece e sabe que entende do produto que vende ou cada vez comprar de um lugar diferente?

Funil De Vendas Marketing Digital

O que é o funil de vendas de marketing digital?

O funil de vendas se trata de uma metodologia desenvolvida para alinhar a jornada pela qual o cliente passa e nós mostramos anteriormente, com o interesse em fechar negócio com a sua empresa.

O funil existe através da junção dos gatilhos e da qualificação do lead. Lembra que falamos sobre a importância de você ser uma referência para o potencial cliente? Isso vai ser importante aqui também.

Como você pode ver, os conceitos de funil de venda e jornada de compra do cliente estão intrinsecamente ligados. Veja um pouco mais sobre eles abaixo:

Topo de funil de vendas

É a primeira fase do funil, e é aqui onde os usuários sentem a necessidade de algo, ou possuem algum problema para ser resolvido que antes não havia passado pela cabeça deles. É onde o possível cliente vai tomar consciência da situação em que se encontra através do contato com sua empresa.

Aqui, devemos educar o usuário. Como falamos anteriormente, oferecer conteúdo é a melhor maneira de fidelizar alguém. Deixe a disposição do usuário conteúdos em formato de ebooks, infográficos e textos que podem ser visualizados e baixados após um cadastro no formulário da empresa.

Com o usuário oferecendo esses dados, ele se torna um lead e passa para a próxima fase do funil.

Meio do funil de vendas

Agora não trabalharemos mais com usuários comuns, e sim com nossos leads. Seus leads querem a resolução dos problemas identificados no topo do funil e precisam de apoio para isso. Lembrando, você precisa se tornar a referência dele.

Como ele pode resolver esses problemas? Através do seu conteúdo, de informações cedidas e até mesmo através de algum produto/serviço muito específico que você oferece.

O mais importante no meio do funil é não se precipitar. Nada de querer empurrar goela abaixo as vendas para os leads. Isso acabará atrapalhando o processo e o afastará. Através da qualificação do lead, com o apoio do que foi estudado nas etapas anteriores, você terá a certeza de que seu lead estará pronto para ir para a parte final do funil de vendas.

Fundo do funil de vendas

Já no final do funil, é hora de colher os frutos gerados pelo esforço em qualificar os leads. Dentro da jornada, eles foram instigados a confiar e a gostar da sua empresa, assim como seus produtos/serviços. Sua empresa é algo relevante para ele e é a sua empresa que vai dar fim aos problemas que ele identificou.

Como sua empresa agora é um porto de confiança para o lead, cria-se o momento perfeito para que as vendas sejam abordadas. O processo se torna mais fluido e menos invasivo dessa forma. Para o lead, não se trata apenas de pagar por algo, mas sim pagar por algo no qual ele confia plenamente.

E com você sendo a melhor referência que ele possui no assunto, é dos serviços da sua empresa que o prospect (estágio anterior ao de cliente no funil de vendas) irá necessitar.

Seguindo essa metodologia, a conversão de leads para clientes se torna muito mais eficaz e suas vendas se tornarão mais consistentes.

Como construir meu funil de vendas de maneira eficaz?

Uma boa estratégia precisa ser bem elaborada para que seus resultados sejam mais expressivos. E para que isso aconteça, nós te damos algumas dicas:

Entenda a jornada de compra

Você sabe pelos problemas que o seu cliente passa até chegar até você? Que tal dar uma pesquisada no público-alvo da sua marca e conversar com alguns deles para saber qual foi exatamente o processo até a aquisição do seu produto/serviço. Quais foram as motivações? Teve algum gargalo? Como poderia ser melhor?

Marque os momentos-chave do processo de vendas

Dentro da jornada de compras existem diversos “capítulos” que podem interferir na decisão final do seu lead. Identifique quais são os pontos chave de virada de estágio dentro do funil de vendas para entender melhor o que seus leads buscam.

Como dito anteriormente, gargalos no processo podem afugentar o lead e até mesmo impedi-lo de encontrar a solução que necessita. Cabe a você e sua empresa auxiliarem o lead no processo.

Sabendo quais são os momentos-chave no processo de vendas, você pode direcionar sua atenção para eles e otimizar o funil.

Atenção nas etapas do funil

Podemos definir o funil de vendas em 4 etapas principais, e cada uma delas necessita de um trabalho específico que pode mudar o jogo na aquisição de clientes.

Nas etapas, sua empresa deve ser parceira do usuário, educando-o e fazendo ele deixar o status de lead, passar para prospect e finalmente se tornar o seu cliente.

  • Etapa 1 – Visitantes: é o grupo inicial que se depara com seu material e precisa ser convertido para lead. Seus conteúdos para conversão de leads devem ser oferecidos aqui, onde o visitante irá dar os dados em troca.
  • Etapa 2 – Leads: agora seus visitantes possuem um interesse na sua marca e se tornaram seus leads. O que queremos aqui é nutrir esses leads e torná-los qualificados para que o processo de vendas possa ser abordado. Invista na continuidade de conteúdos e na manutenção da relação com esses leads para que o processo evolua naturalmente. É nesse ponto que se torna necessária a identificação de quais leads devem passar para a próxima fase do funil e quais não estão prontos ainda.
  • Etapa 3 – Oportunidades: se os seus leads já estão “engordados” o suficiente e continuam demonstrando interesse na sua marca e seus serviços, é hora dos vendedores entrarem em jogo. No entanto, é preciso ter calma, nada de ser agressivo. Primeiro recomendamos que seja feito um contato inicial com esses leads para entender se estão realmente prontos para o próximo estágio do funil.
  • Etapa 4 – Clientes: Após o contato feito na etapa 3, torna-se possível fazer a venda. É aqui onde você tem a confirmação de que o a jornada de compra de seus clientes está fazendo sentido e sendo auxiliada pela sua empresa. Aprenda quais foram os erros no processo e corrija-os. Após isso, trabalhe na manutenção do relacionamento com esses clientes para que eles continuem fiéis à sua empresa e voltem a comprar novamente com você.

E aí, pronto para estudar o funil de vendas da sua empresa e melhorá-lo?

No mercado de hoje, se tratando de marketing digital, um dos pontos nos quais as empresas mais pecam é na conversão de leads e em como manter um bom relacionamento com clientes e visitantes de seus sites. Parte disso se dá por falta de conhecimento e por ruídos no processo de venda, o que acaba impactando negativamente na aquisição de novos clientes.

E como queremos melhorar a suas vendas, deixamos claro: não abandone seu cliente após a venda. Esperamos que com essas dicas você possa melhorar os processos de vendas e de marketing da sua empresa. E caso sua empresa necessite de ajuda na elaboração e na melhoria do funil de vendas, que tal marcar uma conversa com a Agência Tupiniquim?

Quer um exemplo nosso de boa otimização do funil de vendas? Dê uma olhada em um de nossos cases de sucesso no marketing digital jurídico onde a aquisição mensal de clientes aumentou em mais 3.000%!

Newsletter

Cadastre-se e receba novidades e conteúdos relevantes sobre marketing digital e vendas!
[]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

[[[["field15","contains","Sim,"]],[["show_fields","field14"]],"and"]]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right

Solicite seu diagnóstico gratuito com nossos especialistas!

[[[["field15","contains","Sim,"]],[["show_fields","field14"]],"and"]]
1 Step 1
keyboard_arrow_leftPrevious
Nextkeyboard_arrow_right